quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Atrizes, cantoras e um escritor subversivo

Hoje temos um post multimídia, com comentários sobre cinema, música e um pouco de literatura.
Primeiramente agradeço à Louise pelo apoio ao blog. ^ ^ Thanks my friend. Atualizações no blog: Novo design (tá, nem tão novo assim, só umas imagens aqui e ali) e links para os blogs da Louise e do Pedro. Visitem. =D

Ontem assisti Agente 86 (Get Smart), e fiquei pensando... Oh my fucking God, eu tenho que postar alguma coisa sobre o filme só pra colocar uma foto da Anne Hathaway. XD
Here it goes:Como uma coisa leva à outra, lembrei dela no filme O Diabo veste Prada (The Devil Wears Prada):
Então lembrei que nesse filme (Devil..) vi pela primeira vez a atriz Emily Blunt:
Então me veio à cabeça um filme que assisti algumas semanas atrás, Eu, Meu Irmão e Nossa Namorada (Dan in Real Life), que eu adorei por sinal (eu tô emo, emo, emo... XD), enfim, na cena final desse filme (que não vou contar qual é pra ninguém falar que tem spoilers aqui) aparece a cantora Regina Spektor, que eu amo!!!!
Obs: O verbo amar conjugado no presente do indicativo da primeira pessoa do singular seguido de mais de um ponto de exclamação é um tanto quanto "soltando a franga", mas nesse caso é absolutamente aceitável, visto que a referida cantora é realmente... foda. ;D
Como o post está cheio de imagens, aqui vai mais uma, da Regina:
Então minha massinha encefálica (gostaram do diminutivo?) associou fatos e notas musicais e lembrei de uma música que ando escutando bastante, "Brandy Alexander", da cantora Feist. Nessa música o jeito dela cantar está bem parecido com o de Regina. A picture of Feist, please:Essa música, "Brandy Alexander" é muito gostosa de se ouvir e eu recomendo. Continuando com as conexões ilógikas, Brandy Alexander é uma personagem do livro "Invisible Monsters", de Chuck Palahniuk, só não sei se a música é relacionada com essa persongem mesmo, talvez seja apenas coincidência (ou sincronicidade, porque no mesmo dia que ouvi a música fiquei sabendo desse livro de Palahniuk), continuando com as fotos, esse é o Chuck:Chuck ficou conhecido depois que um livro seu foi adaptado para o cinema, Clube da Luta (Fight Club) com Brad Pitt, Edward Norton, Helena Bonham Carter e Jared Leto. Ou seja, o cara tem uma escrita bem visceral, crítica e ácida, se tiver chance, leia! Um conto dele de nome "Guts" é particularmente angustiante e merece um post futuro aqui. Terminando com as fotos, um cartaz do Clube da Luta, ótimo filme por sinal:
Estamos quase no fim desse post, o maior que já escrevi (três posts escritos, oohhhh!!!! XD), e como rodei, rodei e não cheguei em nenhum lugar, ficam essas dica pra vocês, atrizes lindas, boas cantoras e um escritor inquietante.
Ai, ai.... Amanhã tenho prova de italiano, mas o blog merece uma atençãozinha. ^ ^
Até outro post, folks.

Correção: Quem aparece na cena final de Dan in Real Life não é a Regina Spektor, ela nem canta nessa música... XD
Maaas ela canta em outra música junto com o Sondre Lerche que também está no filme. Aquela da cena do boliche. ;D
Foi um meio acerto, vai... =P


3 comentários:

Luly disse...

oba! ganhei até um lugarzinho no seu post (e blog!)

Adooro!

E vc, pra variar, escrevendo bem p caramba!

Mário disse...

Humm, você falou de O Diabo Veste Prada, lembrei do filme que assisti semana passada, Mamma Mia!, com a Maryl Streep. Pra quem gosta dela, gosta de musicais e gosta de Abba, é um ótimo filme. História meio boba, mas é um filme muito gostoso de assistir. Recomendo. =)

Sucesso ao blog! xD

Mário disse...

Detalhe que escrevi o nome da Meryl errado... o.0